banner

O que fazer em Olinda: Pontos Turísticos – Roteiro de 1 dia!

Sou Pernambucana e tenho um imenso prazer em te apresentar Olinda,  cidade colorida, cheia de vida e cultura, situada às margens de um marzão verde que pode ser visto de baixo e admirado lá de cima das ladeiras!

Assim como o intuito da nossa viagem era ficar 07 dias em Porto de Galinhas, a maioria dos turistas também chegam a Pernambuco com a finalidade de curtir e relaxar nas praias do litoral sul, principalmente. Porém, recomendamos que separe 02 dias prévios para conhecer Olinda e Recife!

Foi o que fizemos! Eu, nunca havia feito um roteiro turístico em Olinda, e aproveitei o ensejo para fazê-lo junto com o Nasser! Tem apenas 01 dia para conhecer Olinda? Nesse Post, você saberá o que fazer em Olinda e os principais pontos turísticos!

o que fazer em olinda

Catedral da Sé, Olinda-PE (foto: nosdoisporai)

  • Aproveita para ler o nosso post sobre a ILHA DE SANTO ALEIXO, um paraíso no litoral sul de Pernambuco!
  • Acompanhe as nossas viagens e roteiros em tempo real! Siga-nos no Instagram: @nosdois.porai!
CURIOSIDADES SOBRE OLINDA:

Pense numa cidade que respira história e cultura!

  • “Ó linda situação para se construir uma vila” foi o que o fidalgo português, Duarte Coelho, disse quando avistou Olinda, por volta de 1530.
  • Olinda é o município mais antigo entre os brasileiros, motivo pelo qual foi reconhecido como um Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela Unesco.
  • A cidade foi eleita recentemente como a Capital Brasileira da Cultura, após uma competição que também participavam João Pessoa e Salvador.
  • Olinda fica a apenas 23 Km do aeroporto de Recife. Mais um motivo para você fazer um roteiro de 01 dia na cidade, antes de partir para as praias do litoral sul.

O QUE FAZER EM OLINDA – ROTEIRO DE 1 DIA:

Fizemos o nosso roteiro de 1 dia acompanhados do Guia Turístico, BIU TUR, (81- 98208-0090), um grande conhecedor da história e da cultura de Olinda, e cadastrado no CADASTUR.

  • Pegamos a jardineira na Praça do Carmo;
  • Catedral da Sé;
  • Galeria São Salvador e Mercado de Artesanato Silvia Pontual;
  • Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda;
  • Dona Maria da Tapioca;
  • Ladeira da Misericórdia (e Ateliê Di Farias);
  • Mercado da Ribeira;
  • Rua do Amparo;
  • Casa de Alceu Valença;
  • Prefeitura de Olinda;
  • Mosteiro de São Bento;
  • Mercado da Ribeira;
  • Quatro Cantos;
  • Por do sol no Alto da Sé;
  • O que nós não fizemos, mas você pode;
  • Opções de hospedagem em Olinda;
  • Descontos!

PRAÇA DO CARMO

A Praça do Carmo é a maior praça da cidade de Olinda e seu nome é  dado em virtude da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, a primeira da ordem carmelita construída no Brasil.

A praça é palco de muitas atrações da prefeitura, como Festivais Criativos de Arte e cultura com apresentações musicais, danças folclóricas, feiras de artesanato e show de talentos. Quando vier, dê uma olhada no site da prefeitura e confira as atrações em Olinda.

igreja do carmo olinda

Igreja de Nossa Senhora do Carmo (foto: anacassiano.com.br)

Foi na Praça do Carmo que, às 09:00h da manhã, pegamos nosso transfer (só para subirmos até o Alto da Sé), uma Toyotta “jardineira” da Olinda Receptivo (Transfer em Olinda). A jardineira custa R$ 25,00 por pessoa. O city tour com o Biu custa R$ 70,00 por pessoa, das 8:30h as 17h (Valores referente a abril/2019).

olinda receptivo

Jardineira da empresa Olinda Receptivo: este foi o nosso transfer da Praça do Carmo ao Alto da Sé.

  • OBS: O roteiro de 1 dia em Olinda, passando pelos principais pontos turísticos, não apenas dá, como é melhor fazer a pé. Pegamos a jardineira apenas para subir ao Alto da Sé. Depois, os atrativos ficam bem pertinho um do outro. Claro, no final do dia estamos exaustos de caminhar no sol e no calor, e de descer e subir ladeira. Mas “turistar” é isso, né?
CATEDRAL DA SÉ

A nossa primeira parada foi na Catedral da Sé de Olinda, a Catedral de São Salvador do mundo. A igreja da Sé é considerada a matriz de Olinda, sendo a maior igreja quinhentista do Brasil e a mais antiga de Olinda, fundada em 1540. Em Pernambuco, foi precedida apenas pela Igreja dos Santos Cosme e Damião de Igarassu, a mais antiga igreja brasileira de acordo com o IPHAN.

Catedral da Sé de Olinda (foto:nosdoisporai)

A única peça original que restou da sua construção original é a porta principal e o seu interior guarda belos azulejos portugueses, capelas barrocas e telas a óleo. Em seu entorno, ficava o castelo (demolido) de Duarte Coelho, primeiro capitão donatário da Capitania de Pernambuco e fundador de Olinda.

Por estar em um dos pontos mais altos da cidade, a vista é fantástica. Entrando na igreja e seguindo até o terraço da catedral, conseguimos enxergar o mar, o Mosteiro de São Bento, a Igreja do Carmo e o Convento de São Francisco e as construções antigas coloridas de Olinda. A entrada na Catedral da Sé custa R$ 2,00 por pessoa.

catedral da sé olinda nos dois por ai

Vista do terraço da Catedral da Sé – um mirante para um cenário lindo de Olinda (foto: nosdoisporai)

GALERIA SÃO SALVADOR (MERCADO DE ARTESANATOS)

Inaugurada em 2002, a Galeria de Arte e Artesanato São Salvador, possui um acervo que aborda toda a iconografia Nordestina. Quadros que retratam histórias e mitos regionais, peças que valorizam a arquitetura, a paisagem Nordestina, as cores, os costumes e o folclore.

nos dois por ai olinda galeria sao salvador

Galeria São Salvador (foto: galeriasaosalvador.com.br)

galeria sao salvador nos dois por ai olinda

Interior da Galeria São Salvador (foto: voltologo.net)

MERCADO DE ARTESANATO SILVIA PONTUAL

O Mercado de Artesanato Silvia Pontual, faz parte da revitalização do Alto da Sé de Olinda. Além de poder comprar diversas lembranças da cidade, os visitantes ganham de presente a vista do Horto Del Rey, segundo horto botânico mais antigo do Brasil, e do marzão exuberante!

mercado de artesanato silvia pontual olinda nos dois por ai

Entrada colorida do Mercado de Artesanato Silvia Pontual (foto: nosdoisporai)

mercado de artesanato silvia pontual olinda nos dois por ai

Veja se não é o mercado de artesanato com a vista mais linda do mundo? (foto: voltologo.net)

CASA DOS BONECOS GIGANTES DE OLINDA

A Casa dos Bonecos Gigantes é símbolo do carnaval de Olinda, pois os bonecos gigantes são tradicionalíssimos dessa festa que é uma das maiores do Brasil! Eles saem pelas ladeiras da cidade durante o carnaval, puxando blocos, divertindo e atraindo muitos foliões e turistas!

Mesmo que você esteja visitando Olinda fora da época de carnaval, conseguirá sentir a vibração dessa tradição, visitando a Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda, que custa R$10,00 a entrada por pessoa. Endereço: Rua Bispo Coutinho, 780 – Carmo. Abre todos os dias, das 9h às 18h.

casa dos bonecos gigantes de olinda

Nasser até experimentou vestir um Boneco Gigante, um levezinho, né? hahaha

casa dos bonecos gigantes de olinda

Entrada da Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda

Os bonecos ficam expostos o ano inteiro na Casa dos Bonecos Gigantes. O mais famoso deles o “Homem da Meia-Noite”, o qual abre oficialmente o Carnaval de Olinda. Eles são grandes mesmo, tendo cerca de três metros e meio de altura, pesando até 35 Kg.

Os visitantes podem até experimentar carregar os bonecos nos ombros! E, aí? acha que aguenta?

casa dos bonecos gigantes de olinda nos dois por ai

Na Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda, ainda participamos de uma aula de frevo com passistas (foto: nosdoisporai)

TAPIOCA DA DONA MARIA

A tapioca da Dona Maria foi eleita, no final de 2017, a melhor de Olinda! E não é que a tapioca é saborosa mesmo? Pedi uma de banana com nutella e o Nasser, de queijo coalho com charque, ambas deliciosas e bem recheadas!

Dona Maria não é dona somente da melhor tapioca de Olinda, não! Ela também esbanja uma alegria e uma simpatia fora do comum. Sempre sorridente, ela também faz artesanatos para vender e sua quitanda dentro de uma galeria onde você, com certeza, encontrará muitas lembrancinhas típicas de Pernambuco!

dona maria da tapioca olinda

Eita, sorrisão da Dona Maria da Tapioca! (foto: nosdoisporai)

LADEIRA DA MISERICÓRDIA

Curiosidade histórica: conhecida por apresentar grandes desafios de travessia por seu caráter íngreme, a ladeira foi um dos primeiros caminhos utilizados entre o centro da vila de Olinda com o que conhecemos hoje como Varadouro. A importância da via também se mostrava devido à ligação com o “porto dos navios” e a várzea do Capibaribe.

A origem do nome da ladeira como alguns falam, não vem da expressão popular “Misericóridia!”, nem é do fato de a ladeira ser muito íngreme, e, sim, por ter existido em seu topo a Igreja e Hospital  da Santa Casa da Misericórdia, que segundo relato, foi a primeira fundada no Brasil.

ladeira da misericordia olinda

Ladeira da Misericórdia (foto: nosdoisporai)

ATELIÊ DI FARIAS

Descendo a ladeira da misericórdia, paramos no Ateliê Di Farias. Di Farias é pintor e escultor natural de Recife-PE.

Ele cursou desenho no Liceu de Artes e Ofícios em Recife e pintura na Meyer Le Bien em Paris. Em suas obras, Di Farias retrata o cotidiano do povo nordestino, enfatizando os desafios e as características da vida no sertão, a infância e as manifestações culturais, como a capoeira e o carnaval (fonte: www.difarias.com).

ateliê di farias olinda nos dois por ai

Obras do Ateliê Di Farias

MERCADO DA RIBEIRA

Desça a Ladeira da Misericórdia, continue pela Rua Bernardo Vieira de Melo até o Mercado da Ribeira.

O mercado é uma edificação característica do Brasil colonial, construído no final do século XVII. O lugar tinha, na época, a função de mercado de abastecimento e, nele, eram comercializados produtos de primeira necessidade, como carnes, peixes e gêneros alimentícios.

Hoje, funciona como mercado de artesanato, com lojinhas, artigos de couro, renda, palha, barro; oficinas de entalhadores, gravuras e pinturas. Funciona de segunda a domingo, das 8h às 18h.

RUA DO AMPARO

Rua do Amparo é muito conhecida porque no carnaval ela fica cheia de foliões, que alugam as várias casinhas coloridas para curtirem o feriadão!

Nela, ficam vários restaurantes conceituados, bares, pousadas (inclusive as do Roteiros de Charme), museus e ateliês. A estreita via de paralelepípedos é o polo cultural do Centro Histórico de Olinda!

CASA DE ALCEU VALENÇA

Em nossa andança, passamos também na frente da casa de Alceu Valença, cantor e compositor Pernambucano, ícone que agita os carnavais de Olinda e Recife! Endereço: Rua São Bento, 142.

PREFEITURA DE OLINDA

Continuando na Rua de São Bento, a gente chega na Praça Monsenhor Fabrício, onde ficam o Palácio dos Governadores, que, na verdade, é a Prefeitura de Olinda. Durante o carnaval, monta-se um palco na praça onde acontecem vários shows, enquanto que as câmeras e repórteres de várias emissoras ocupam as janelas do prédio da prefeitura para fazer a cobertura da folia!

MOSTEIRO DE SÃO BENTO

O Mosteiro de São Bento fica em frente à Praça Monsenhor Fabrício. Foi construído a partir de 1586, sendo a segunda instalação beneditina em terras brasileiras. Assim como outras igrejas da cidade, foi destruído pelos holandeses, reconstruído a partir de 1654 e concluído em 1759, recebendo o estilo Barroco.

mosteiro de são bento olinda

Mosteiro de São Bento, em Olinda-PE (foto: nosdoisporai)

Considerada a igreja mais rica de Olinda, São Bento é totalmente barroca, evidente: nas paredes de cedro talhado e coberto com ouro, nos painéis no teto, nas colunas de arenito, nos púlpitos trabalhados e na sacristia suntuosa.

O maior tesouro é o altar, com 14 metros de altura e folheado a ouro. Ele já foi levado e exposto no Museu Guggenheim de Nova York. Nas manhãs de domingo, a missa é cantada e muito concorrida. Nela também acontecem missas em latim e com canto gregoriano. Entrada grátis!

o que fazer em olinda

Interior Mosteiro de São Bento, Olinda-PE (foto: nosdoisporai)

Durante 24 anos, o Mosteiro de São Bento abrigou a primeira Escola de Direito do Brasil, fundada em 11 de agosto de 1811 e, ainda hoje, só advogados podem subir onde está o Cristo crucificado, no dia 11 de agosto, data em que se comemora o dia do advogado e o aniversário da inauguração da Faculdade de Direito de Olinda.

QUATRO CANTOS DE OLINDA

O ponto é o cruzamento de quatro ruas agitadas que abrigam o casario mais característico de Olinda. São elas: Amparo, Prudente de Morais, Bernardo Vieira de Melo e Ladeira da Misericórdia. Não deixe de circular por ali para apreciar belas e preservadas construções e, de quebra, tomar uma cerveja gelada.

No carnaval, os Quatro Cantos vira um caldeirão da folia! Por lá, passa a maior parte dos blocos que desfilam pelo Centro Histórico de Olinda.

POR DO SOL NO ALTO DA SÉ

Nós amamos contemplar o por do sol. Em cada destino, procuramos pesquisar onde é o melhor cantinho para curtir o fim de tarde. Em Olinda, já te informamos que é o Alto da Sé.

À noite, o Alto Da Sé é o lugar mais agitado da cidade, pois é somente no fim da tarde que as barraquinhas da feirinha de artesanatos e de comidas começam a funcionar.

Entardecer no Alto da Sé – barracas de comidas e artesanatos foto: viajareumprazer

O QUE NÃO FIZEMOS, MAS RECOMENDAMOS PRA VOCÊ:
  • 1º Convento Franciscano em Olinda: O convento franciscano mais antigo do Brasil é parte de um conjunto arquitetônico católico que inclui a Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de São Roque, o claustro e a sacristia. O claustro e a sacristia são famosos pelos diversos painéis de azulejos portugueses, além do rico trabalho de talha em madeira do teto, com caixotões contendo pinturas do século XVIII.
olinda nos dois por ai

Primeiro Convento Franciscano. Foto www.historiacomgosto.blogspot.com

  • Por do sol no Mirante da Caixa D´Água: Na Praça da Sé, já conseguimos ver uma caixa d’água bem alta com um elevador panorâmico. De lá é possível ter uma linda vista do mar, das igrejas de Olinda, da vegetação e da cidade do Recife. Valor R$ 8,00 por pessoa e o tempo de permanência é de 30 minutos. Horário de Funcionamento de segunda a domingo, das 8h às 17h. Então, deixe pra subir no último horário para assistir ao por do sol lá de cima!
nos dois por ai por do sol alto da sé olinda caixa dágua

Vista panorâmica das construções históricas e do mar lindo de Olinda (foto: voltologo.net)

  • Loja Imaginário: o Imaginário Brasileiro é um espaço cultural bem criativo de artesanato e artes pernambucanas. O espaço tem vários ambientes, divididos entre artesanato, utensílios domésticos customizados, peças de vestuário, rendas, bordados, brinquedos. Também é um ótimo lugar também pra comprar seus souvenirs. Funcionamento: todos os dias das 9h às 18h30. 

Loja Imaginário Brasil. Foto www.mineirosnaestrada.com.br

Agora que você já sabe o que fazer em Olinda:

  1. Aproveite para ler sobre a nossa ROAD TRIP PELO LITORAL DE ALAGOAS
  2. Aproveite para ler mais dicas de hospedagem e passeios em PORTO DE GALINHAS
ONDE FICAR EM OLINDA?

Nós ficamos hospedados no Mar Hotel Conventions, em Recife. Contudo, se você deseja aproveitar mais dias entre as ladeiras e casarios coloridos, trazemos algumas opções de hospedagem em Olinda:

DESCONTOS!
  • 10% no passeio à Praia de Carneiros e à Maragogi com a @alfamarturismo. Basta identificar-se como nosso seguidor/leitor;
  • 10% nos transfers e passeios pelo Nordeste com a Luck Receptivo. Clica AQUI e usa o nosso código: #NOSDOISPORAI;
  • 10% nos passeios de buggy e Ilha de Santo Aleixo com @omelhorpasseiodebuggy. Basta identificar-se como nosso seguidor/leitor. (Tel: 81 99685-2737)
  • 10% na hospedagem no Solar Porto de Galinhas. Reservas diretamente pelo SITE DO HOTEL com o código: NOSDOISSOLAR.

Esperamos que tenham gostado do nosso roteiro de 1 dia em Olinda e das nossas dicas! Quaisquer dúvidas, deixa um comentário abaixo. Ficaremos muito felizes em poder te responder e ajudar!

Comentários